Prêmio Holcim – Construção Sustentável – 2010-2012 – América Latina – Prata

Prêmio Holcim – Construção Sustentável – 2010-2012 – América Latina – Prata

____________________________________________________________________

Prata – Plano Diretor de  Reconstrução Sustentável Pós-tsunami, Constitución, Chile

Tipo de Projeto: Paisagem , desenho urbano e projetos de infraestrutura

Início da Construção: Janeiro de 2012

Autor Principal: Alejandro Aravena, ELEMENTAL S.A., Chile

Outros Autores: Víctor Oddó, Gonzalo Arteaga, Fernando García-Huidobro, Diego Torres, Cristián Martínez, e Juan Cerda, ELEMENTAL S.A., Chile; Alejandro Gutiérrez, Arup, Reino Unido; Eugenio Tironi, Tironi Asosciados, Chile

____________________________________________________________________

Plano Diretor de  Reconstrução Sustentável Pós-tsunami, Constitución, Chile

Este plano diretor foi desenvolvido depois do terremoto e do tsunami que em 2010 destruiu a cidade de Constitución, de 46.000 habitantes, localizada sobre a costa do Oceano Pacífico e a 300 km sudeste da cidade capital do Chile, Santiago.

8.8 – Terremoto no Chile – O plano diretor de reconstrução sustentável propõe a estratégia de responder com “respostas geográficas” às “ameaças geográficas” que representam os terremotos e tsunamis. Em vez de considerar a proibição de construção ou uma barreira enorme ao longo das zonas de risco, o projeto propõe plantar vegetação nas áreas sujeitas a inundações, a fim de quebrar as ondas. Por trás desta primeira linha de defesa natural são locadas instalações que possuem restrições específicas sobre o uso e o layout das áreas de piso térreo. Estas duas intervenções são acompanhadas por um plano de evacuação como um terceiro elemento de proteção. O objetivo é a preservação a longo prazo da cidade, a sua posição histórica ao lado do monte estuário – uma localização estratégica para a economia da cidade. A ideia é criar espaços públicos abertos ao longo das margens do rio que aliviam a falta de áreas de lazer no centro da cidade, bem como o apoio a dissipação do escoamento de águas pluviais para evitar enchentes ainda maiores.

O júri valoriza a abordagem ponderada de propor uma estratégia de longo prazo de melhorar o ambiente construído, em vez de implementar um plano de ação  para reconstruir o que havia sido destruído pelos tsunamis e terremotos. Além disso, a criação efetiva do projeto na comunidade social, através da participação do cidadão foi reconhecido, demonstrando a sensibilidade contextual e social do plano diretor.

____________________________________________________________________

Fonte: holcimfoundation.org – Agradecemos à Fundação Holcim pela disponibilização das informações e imagens.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s