Timmerhuis – OMA – Roterdã – Holanda

Timmerhuis - OMA - Rotterdam_ Foto: Sebastian van Damme

Timmerhuis, complexo multiuso construído a partir de demanda da Prefeitura de Roterdã – Holanda, que abriga serviços municipais, escritórios, unidades residenciais e espaços culturais. O projeto resultou de concurso realizado em 2009, vencido pelo escritório OMA e a obra foi concluída em 2015. Veja a seguir imagens e breve descrição da obra.


Descrição do Projeto

(editado e traduzido por concursosdeprojeto.org a partir de texto dos autores)

O complexo multiuso Timmerhuis resultou de concurso realizado em 2009 pela Prefeitura de Roterdã, na Holanda. O projeto vencedor, de autoria do escritório OMA, foi concluído em 2015, e além de serviços municipais, inclui unidades residenciais, comerciais e culturais.

A edificação foi concebida como um conjunto de cubos de aço e vidro sobrepostos, criando uma volumetria irregular  e ao mesmo tempo modular, que se encaixa entre as edificações históricas existentes e as vias circundantes, no centro de Roterdã. A sobreposição dos cubos cria situações de terraços verdes para as unidades residenciais, permitindo uma tipologia habitacional diferenciada, para o centro de Roterdã.

Ao nível da rua, a estrutura e os vazios criados pela suspensão dos módulos permite a criação de espaços generosos, sugerindo uma relação aberta e ativa entre o edifício e a cidade. O projeto foi também concebido com o objetivo de alcançar os mais altos padrões de eficiência e sustentabilidade.

Uma das estratégias para alcançar tal objetivo foi a flexibilidade e versatilidade dos espaços, além da criação de espaços vazios que atuam como “pulmões” para o edifício, uma vez que estão conectados a um sistema de climatização que armazena calor no verão e frio no inverno, convertendo tal energia em calor ou frio, quando necessário. As fachadas receberam vidro triplo translúcido, com sistema de isolamento de alta tecnologia, o que garante, segundo os autores, a eficiência energética da envoltória.

Quanto à linguagem plástica do edifício, diante da paisagem já confusa, marcada pelas revisões e reconstruções do planejamento urbano de Roterdã e da cacofonia de estilos arquitetônicos presentes na cidade, a proposta procurou criar uma “massa ambígua”, que atua como uma mediação entre os diversos edifícios e linguagens existentes.


Ficha Técnica

Timmerhuis

Arquitetura: OMA

Concurso: 2009

Conclusão da obra: 2015

Local: Roterdã, Holanda

Cliente: Prefeitura de Roterdã

Orçamento: aprox. € 100 milhões

Programa: Escritórios (25.400m2), residência (12.000m2; 84 apartamentos), espaços de exposição (1.630 m2), comércio e serviços (2.070m2), garagem (3.900 m2; 120 vagas)

Altura da edificação: 60m; 14 pavimentos na Torre Norte and 11 pavimentos na Torre Sul

Dimensões dos módulos: 7.2m x 7.2m x 3.6m

Sistema Construtivo: estrutura em aço, vedações em vidro

Certificado de Sustentabilidade BREEAM

Arquitetura: 

Sócio responsável pelo projeto: Reinier de Graaf

Colaboradores Associados: Alex de Jong, Katrien van Dijk

Equipe – Etapa do Concurso

OMA – Sócios Responsáveis: Reinier de Graaf, Rem Koolhaas

Coordenador do Projeto: Mark Veldman

Equipe: Pascual Bernad de Castro, Vilhelm Christensen, Alessandro De Santis, Katrien van Dijk, Jake Sadler Forster, David Gianotten, Andrea Giannotti, Alasdair Graham, Mendel Robbers, Dirk Peters, Tsuyoshi Nakamoto, Timur Shabaev, Yuri Suzuki, Milos Zivkovic

Equipe – Etapa dos Estudos Esquemáticos

OMA – Sócio Responsável: Reinier de Graaf

Associado: Alex de Jong

Coordenador do Projeto: Mark Veldman

Equipe: Philippe Braun, Tom Tang, Andrew Linn, Peter Rieff

Equipe – Estudo Preliminar

Sócio responsável: Reinier de Graaf

Associado: Alex de Jong

Equipe: Philippe Braun, Clarisa Garcia Fresco, Maaike Hawinkels, Takeshi Murakuni, Ross O’Connell, Mafalda Rangel, Peter Rieff, Carolien Schippers, Saskia Simon, Sakine Dicle Uzunyayla, Lucia Zamponi, Grisha Zotov

Projeto Executivo

Sócio Responsável: Reinier de Graaf

Associado: Alex de Jong, Katrien van Dijk

Arquiteto responsável: Cock Peterse

Equipe: Philippe Braun, Vitor Oliveira, Mafalda Rangel, Peter Rieff, Elida Mosquera, Magdalena Stanescu

Interiores

Arquitetos: Saskia Simon, Katrien van Dijk

Equipe: Maaike Hawinkels, Sebastian Janusz, Sarah Moylan, Ross O’Connell, Vitor Oliveira, Ryan Peeters, Mafalda Rangel, Deborah Richmond, Magdalena Stanescu, Lucia Zamponi

Colaboradores – Concurso:

Estruturas e instalações: ABT

Consultoria de Sustentabilidade: Werner Sobek Green Technologies

Consultoria de Custos: PRC

Fotografia do modelo: Frans Parthesius

Etapa pós-concurso:

Arquiteto local e consultoria de custos: ABT

Gestão: Brinkgroep BV

Estruturas: Pieters Bouwtechniek

Instalações diversas: Deerns Raadgevende

Sustentabilidade, acústica, combate a incêndio e segurança: DGMR


 

Agradecemos aos autores pela disponibilização do projeto para publicação.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s