Arquitetos, pela democracia !

Helfil, 1978

Henfil, 1978 (ou seria 2016? )


Arquitetos, pela democracia !

texto de Fabiano Sobreira (*)

O ano de 2016 precisa ser revisto (para não ser esquecido) – mesmo que simbolicamente, pois seus efeitos não desaparecerão com o simples encerramento do ciclo e as celebrações do ano novo. Continuar lendo

Projeto Orla Livre – Brasília

projetoorlalivre-imagem

Projeto Orla Livre – Brasília

O Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria de Estado de Gestão do Território e Habitação – SEGETH, lançou o Projeto Orla Livre (www.orlalivre.df.org.br), que tem como objetivo de recuperar a vocação pública da orla do Lago Paranoá, conforme o espírito do projeto original do Plano Piloto: ”um espaço democrático, acessível, com enorme potencial para abraçar vivências de esporte e lazer em harmonia com o meio ambiente”. Continuar lendo

Concursos são excluídos da Lei de Licitações

cau-br

Imagem: fonte – CAU/BR

Concursos são excluídos da Lei de Licitações (*)

O Projeto de Lei nº 559/2013 que se encontra em tramitação no Senado Federal recebeu um substitutivo, de autoria do Senador Fernando Bezerra, que exclui os concursos de arquitetura como modalidade de licitação. Continuar lendo

O IAB e o momento atual

O portal e revista concursosdeprojeto.org apoia e compartilha a nota de posicionamento do Instituto de Arquitetos do Brasil, em que reafirma o seu compromisso em defesa da democracia e da Constituição, defende a redução das desigualdades sociais e a democratização das cidades e reconhece a soberania popular como fonte da legitimidade política. Veja a seguir :

 

iab

 

Continuar lendo

Centro Cultural Amizade, em Guiné-Bissau: cooperação internacional e mobilização social.

escola_guinebissau_01b

Centro Cultural Amizade São Paulo, em Guiné-Bissau. Foto: Divulgação – IAB.

texto de Fabiano Sobreira (*)

Em 2009 um grupo de jovens da Comunidade São Paulo, em Bissau, capital de Guiné-Bissau, enviou uma carta à Fundação Gol de Letra solicitando ajuda para construir uma escola. Surgiu daí a cooperação internacional que teve a participação de várias instituições dos dois países, entre elas do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Distrito Federal (IAB-DF), responsável pelo concurso para a escolha do projeto, promovido em 2010 (Concurso Nacional de Arquitetura – Uma Escola para Guiné-Bissau).

Coordenei o concurso ao lado do arquiteto Thiago de Andrade, em uma experiência até hoje única: um concurso totalmente em meio eletrônico, inclusive o processo de julgamento, realizado à distância, com a participação de importantes nomes da arquitetura da América Latina: os arquitetos brasileiros Alvaro Puntoni, Francisco de Paiva Fanucci, Jaime Gonçalves Almeida , Marcelo Morettin e Sylvio de Podestá; o arquiteto colombiano Daniel Bonilla e o arquiteto paraguaio Solano Benitez. Participaram 83 equipes e o projeto vencedor é de autoria dos arquitetos Bruno Giugliani, Cintia Gusson Etges e Karen Bammann, de Porto Alegre.

O sucesso da cooperação internacional e da mobilização social foi ratificado em novembro de 2014, com a inauguração do Centro Cultural Amizade São Paulo, em Bissau. Apesar das dificuldades políticas e de um Golpe de Estado em 2012, o centro foi construído, por meio de mutirão (como previsto no concurso) e inaugurado. Hoje abriga diversas atividades culturais e sociais da comunidade.

Continuar lendo

Concursos de Arquitetura no Brasil: 2005 a 2014. Entre o potencial e o real.

Figura 01 - Concursos - Obras Construidas

Quatro das sete obras construídas resultantes de concursos realizados entre 2005 e 2010. De cima para baixo: Sede da Fundação Habitacional do Exército – Brasília; Sede do SEBRAE – Brasília; Sede do CREA – Campina Grande; Complexo Trabalhista do TRT da 18a Região – Goiânia. Fonte: concursosdeprojeto.org.

Concursos de Arquitetura no Brasil: 2005 a 2014. Entre o potencial e o real. (*) por Fabiano Sobreira (**) e Vanessa Cristina (***) Continuar lendo