________________________________________________________________

Concurso de Ideias

No Rules, Great Spot – Procuram-se ideias para a Praça de Lisboa – Porto – Portugal

Apresentação:

“A paradigmática Praça de Lisboa, em pleno centro histórico da Cidade do Porto, parece-nos ser da maior relevância para lançar um primeiro debate sobre intervenções no espaço público, promovendo simultaneamente uma reflexão global sobre o processo de reabilitação da cidade e sobre a participação de nós enquanto cidadãos nesse processo. O lançamento de um concurso de ideias para a Praça de Lisboa, sob o nome NO RULES, GREAT SPOT: PROCURAM-SE IDEIAS PARA A PRAÇA DE LISBOA – No rules, great spot, é uma frase inscrita/grafitada num dos muros deste espaço –, parece-nos neste sentido uma acção fundamental capaz de provocar um debate in-tensivo e ex-tensivo em torno da reabilitação urbana enquanto projecto de cidade partilhado e informado, participado e discutido.

O concurso tem assim um objectivo duplo: por um lado, envolver a comunidade, a cidade, na discussão dos seus projectos, juntando e articulando aqueles que sempre foram os agentes fundamentais de construção e problematização da cidade: os arquitectos; e, por outro lado, reflectir sobre os processos de intervenção e reabilitação que têm sido desenvolvidos tanto pela Câmara Municipal do Porto como pela Sociedade de Reabilitação Urbana Porto-Vivo. Nomeadamente, criticando a natureza altamente exclusiva e complexa dos concursos (como o que foi lançado para a Praça de Lisboa) de concepção, projecto, construção, manutenção e exploração, que dominados por uma lógica unicamente especulativa, não só retiraram qualquer hipótese de participação (apenas uma proposta foi apresentada a concurso), como anularam qualquer possibilidade de debate e discussão em torno de um lugar público desta cidade.

Este concurso de ideias que aqui se apresenta é, assim e antes de mais, a forma encontrada que afirma a nossa responsabilidade, de todos (arquitectos e cidadãos), para além de qualquer interesse individual, na construção de um projecto que apenas pode ser colectivo, e no dever de reclamar um direito fundamental: o direito à cidade, o direito a discutir a cidade!”


Promoção e organização: Coletivo “Esta é minha cidade?

Quem pode participar: não há restrições

Cronograma:

envio dos trabalhos, em meio eletrônico, até 31.maio.2011

Prêmios:

1º – 250€

2º – 100€

3º – 100€

_________________________________________________________________________________

Os interessados devem acessar diretamente a página oficial do concurso para eventuais consultas, atualizações e alterações relativas ao concurso anunciado.