Concurso Praça do Natal – RN – 2º lugar

Concurso Praça do Natal – RN

2º lugar

Estúdio América

___________________________________________________________________________________

Memorial Descritivo

SOBRE O PARTIDO DA NOVA PRAÇA DO NATAL

A luz mais alta possível guia o caminho,

Um balão-estrela, que se apóia no céu,

Uma linha o liga à terra, à areia de Natal,

São cabos que sustentam a luz,

E formam, sobre a água, a grande Árvore,

O Povo, das dunas, a admira,

E compreende a Boa Nova.

Uma idéia bastante simples de se construir. Sobre um território desenhado para abrigar um novo relevo, com ondulações que remetem às dunas de Natal, um balão elevaria a Árvore, formada por cabos, até um ponto que uma estrutura apoiada no solo teria grandes dificuldades e riscos para atingir. Um jogo de luzes, formadas por mangueiras luminosas e canhões de laser dão sua forma definitiva. Um lago ocupa a parte baixa dá Árvore, e quando vazio se transforma em anfiteatro. Soma-se a tudo isso uma grande área de sombra, uma cobertura leve que abriga os itens funcionais do programa. Pensado para abrigar muitos eventos ao longo do ano, todo conjunto apresenta grande versatilidade e variedade de possibilidades, modificando-se as composições com luzes, água, e a própria Árvore.

SOBRE O PROGRAMA

RELEVO

Relevo artificial, uma topografia operativa que não repete, apenas interpreta as dunas suaves de Natal, e cria infinitas perspectivas e recintos de abrigos, de ver e esconder, de percorrer e descobrir, de mirar ao longe, ou de apenas se acolher na ‘areia’, o piso de mosaico português branco, que se assenta sobre o trabalho realizado com o movimento de terra.

LAGO

Ora água, ora uma arena [2], palco para apresentações, um grande espaço de contemplação, de se sentar e meditar, refletir sobre os momentos da vida. Com água, remete ao período das chuvas, quando as poças sobre a areia criam um cenário único na paisagem. Seca, abriga todo tipo de manifestações artísticas, brincadeiras e jogos.

SOMBRA

Uma cobertura leve, ampla, uma folha desdobrada sobre a “areia”, que sombreia do sol escaldante e permite o refresco em um dia quente. Composta por árvores estruturais, de concreto e metal, que sustentam um pergolado coberto por um tecido impermeável e translúcido. Sob ela, os bares, lanchonetes [9], para o restauro do corpo, preparando-o para novos passeios. Logo ali, no platô superior estão a mostra os produtos da gente da terra, sua artesania [5] e sua cultura. Ali, se protege, como na manjedoura, o Presépio [3], sobre a água. A administração [11] e os sanitários públicos [12] , assim como o restante do programa de apoio [10, 13, 14] ficam sob esta plataforma, acessados diretamente da praça.

VERDE

Composta por plantas nativas regionais, a vegetação foi pensada como elemento de composição dos ambientes e climatização da praça. Aparece nas encostas das dunas, e apresenta uma densidade maior junto à Avenida Leôncio Etelvino de Medeiros, de maior porte, e é mais rarefeita em direção à Avenida Governador José Varela. Isso foi pensado para se criar diferentes micro climas no interior da praça, e diferentes sensações para quem a percorre.

ÁRVORE

Uma idéia para atingir o Céu, o ponto mais alto possível. Começamos com 130 metros, mas pode ser maior. Era preciso se desvencilhar do apoio sobre a terra, e literalmente voar. Usamos o Princípio de Arquimedes, um balão, onde o limite se define apenas pelas linhas que o prendem ao chão, num feixe de luzes penduradas que conformam a Grande Árvore no ar. Montada, será possível em uma experiência única, observá-la por dentro, desde a arena.

O balão com um diâmetro de 18 metros [equivalente a 3.053m³] é inflado com gás hélio (gás inerte e sem perigo) e permite uma capacidade de elevação superior a 3 toneladas. É preso por 28 cabos de aço-carbono, (arame de aço de alta resistência steelcore _ nº16 AWG, com uma capacidade de carga de ruptura superior a 255 kg/mm² e mesmo assim extremamente leve e facilmente armazenável em bobinas leves e de fácil manuseio).

Além da própria iluminação interna do balão, a iluminação que forma a imagem noturna da árvore se apóia em uma cordoalha formada por outros 56 cabos luminosos. Canhões de laser desde o solo complementam a iluminação cênica. Esta solução permite uma série de outras configurações, que podem formadas em outros eventos no ano, inclusive sua fácil montagem e desmontagem.

ESTACIONAMENTO

O estacionamento de veículos [7] será disposto nas bordas maiores do terreno, junto à via pública pensado para que as pessoas, famílias, casais de namorados, grupos de amigos pudessem admirar a árvore e a praça já desde seus veículos.

Já o estacionamento de ônibus [8] será na parte superior do terreno, associando o embarque e desembarque de turistas e visitantes ao setor de apoio da praça.

SUSTENTABILIDADE

Todo o conjunto apresenta acessibilidade universal. O piso da praça, de mosaico, é permeável. As águas são drenadas para os jardins e quando o caso, para o lago. A vegetação é regional, e os materiais de construção são simples e de fácil manutenção.


_____________________________________________________________________________________________

Ficha Técnica

ESTÚDIO AMÉRICA

Autores: Carlos Garcia, Lucas Fehr, Marcus Vinicius Damon, Mario Figueroa

Colaboradores: Amanda Renz, Luiza Monserrat, Mario do Val

_____________________________________________________________________________________________

Agradecemos aos autores pela disponibilização do projeto.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s