_____________________________________________________________________________________

Concurso Internacional – Trienal de Lisboa

“A House in Luanda: Patio and Pavilion”


Objetivo:

“A HOUSE IN LUANDA: PATIO AND PAVILION é um Concurso de Ideias, iniciativa da Trienal de Arquitetura de Lisboa em Parceria com a Trienal de Luanda, e tem por finalidade seleccionar a melhor proposta para a concepção de um protótipo de unidade familiar que origine um pátio, com um baixo custo de construção, destinada a famílias em situação de grande carência, comummente constituídas por 7-9 pessoas ( Pais, 3 filhos e 2 avós ou Pais, 5 filhos, 2 avós) , num terreno de topografia plana, situado no perímetro de Luanda.”

“Pretende-se que seja criado um modelo replicável que traduza a especificidade social, económica e cultural de Luanda, querendo que este modelo “faça tecido urbano”, utilizando sistemas, práticas e materiais correntes da arquitetura local. O sistema de construção deve privilegiar a lógica de sustentabilidade, podendo considerar-se a construção em etapas ou mesmo o recurso à auto-construção por parte dos seus futuros moradores, desejando-se uma atitude prospectiva associada a uma componente evolutiva do modelo.”

Promoção e Organização: Trienal de Arquitetura de Lisboa e Trienal de Luanda

Local: Luanda, Angola.

Tipo de Concurso: internacional, aberto, de ideias.

Quem pode participar:arquitetos, sem restrição de nacionalidade.


Cronograma:

Anúncio do Concurso: 17.FEV.2010

Data-limite – Inscrição:  até 03.MAI.2010

Data-limite – recepção do Projeto: até 03.MAI.2010 (17:00H)

Divulgação dos 30 finalistas: até 14.MAI.2010

Data-limite – apresentação da Maquete (finalistas):  até 30.SET.2010

Anúncio do Vencedor e entrega dos Prêmios…………. durante o decurso da exposição.

Prêmios:

1º Prêmio……………10.000,00€ ( dez mil euros )

2º Prêmio…………….7.500,00€ ( sete mil e quinhentos euros)

3º Prêmio ……………5.000,00€ ( cinco mil euros )

4º Prêmio ……………2.500,00€ ( dois mil e quinhentos euros)

Poderá ainda ser atribuída, caso o Júri o entenda, uma única Menção Honrosa.

Comissão Julgadora:

Arq.  Álvaro Siza (Presidente, designado pela Fundação EDP)

Arq.  João Luís Carrilho da Graça (Comissário do Concurso/Exposição)

Arq.  Fernando Mello Franco (Designado pelos Mecenas da Trienal para a Exposição)

Arq.  Barry Bergdoll (Designado pelos Mecenas da Trienal para a Exposição)

Arq.  Ângela Mingas (Designada pela Trienal de Luanda)

Para mais informações acesse aqui a página oficial do concurso.

_________________________________________________________________________________

Os interessados devem consultar diretamente a coordenação do concurso para eventuais atualizações e alterações relativas ao concurso anunciado.