Concurso Habitação para Todos – Edifícios de 04 pavimentos – 2º lugar

Concurso Habitação para Todos

GRUPO 05 – EDIFÍCIOS DE 04 PAVIMENTOS

2º lugar

______________________________________________________________________

Como fazer surgir diferentes conjuntos habitacionais, com igual identidade visual e em distintos pontos do tecido urbano?

Como carimbar um elemento sem torná-lo repetitivo ou sobressalente ao entorno que o recebe?

Partindo do tema da implantação aleatória ou em série, foi armado um projeto segmentado, possível de moldar-se ao terreno conforme as diferentes combinações de suas partes.

O projeto é denominado MAD, pela característica de montagem à demanda. Funciona como um jogo de peças possíveis de diferentes combinações. É como uma padronização da construção executada em etapas, que configura os conhecidos “anexos” nas habitações populares. Nesse caso, porém, a expansão diz respeito ao conjunto e não às unidades. O projeto acrescenta a qualidade e valoriza a vitalidade da habitação de interesse social, buscando o melhor equilíbrio entre arquitetura, implantação, sustentabilidade e custos.

Trabalha-se com a estratégia de catálogo como principal conceito.

Catálogo_ A partir das distintas combinações das mesmas peças se obtém diversos resultados.

Desta maneira, cada projeto, a partir dos requerimentos solicitados e pela sua implantação, passa a ser único. A utilização de poucas peças resulta na otimização de recursos e tempo e na simplificação dos processos construtivos.  Desta forma, se estabelecem quatro peças básicas e duas complementares, além de sistema de infra-estrutura e circulações. Estes apartamentos ou unidades correspondem à quatro tipologias: dois dormitórios, dois dormitórios para deficiente físico, três dormitórios, três dormitórios para deficiente físico. As mesmas poderão: configurar-se segundo estratégias pré-estabelecidas pelo empreendedor; atender a demanda; adaptar-se à maior quantidade de contextos e implantação possíveis.

O projeto prevê as ferramentas suficientes para compor implantações que potencializem a apropriação por parte dos usuários, chegando a um conjunto que faça bom aproveitamento do condicionamento natural, que maximize a adaptabilidade das distintas topografias e portanto, que diminua os custos de implantação. A partir de poucos elementos tenta-se alcançar a maior versatilidade possível.

______________________________________________________________________

Ficha Técnica

Autores: PLAA, formado por Letícia Pezzin Fiebig, Sabrina da Rosa Machry e Sebastián Joaquín Rial Rigo.

______________________________________________________________________

Agradecemos aos autores pela disponibilização do projeto para publicação.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s