SEBRAE – Brasília

Como parte da seção ‘obras construídas’, apresentamos a seguir o projeto do SEBRAE, construído em Brasília – DF, que resultou de um concurso realizado em 2008 que teve como vencedora a equipe formada pelos arquitetos Alvaro Puntoni, Luciano Margotto, João Sodré e Jonathan Davies.

 

Veja a seguir imagens da obra construída, assim como memorial descritivo e o projeto:

O partido adotado no projeto responde a um só tempo às condicionantes urbanísticas de Brasília – incluindo as características topográficas do terreno – e ao caráter da arquitetura que se pretende para a nova sede do SEBRAE NACIONAL. O que se propõe não é um edifício, mas um conjunto arquitetônico com: 1) ênfase na espacialidade interna, objetivando a integração dos usuários assim como da paisagem construída e natural; 2) máxima flexibilidade para a organização dos escritórios; 3) preocupação em se obter ótimo desempenho ambiental e econômico.

O PÁTIO

Todo o conjunto se desenvolve a partir de uma espacialidade interior. Desenvolvido em planta, o vazio adquire grande presença no interior do conjunto, na forma de pátio onde se localizam as atividades mais públicas. Ao redor desta praça interna, no térreo inferior encontra-se o espaço de formação e treinamento, salas multiuso, auditório, biblioteca e a cafeteria, enquanto no térreo superior estão os principais acessos do conjunto, com varandas abertas à cidade e ao lago.

A TOPOGRAFIA E O SENTIDO ESPACIAL: O TÉRREO MULTIPLICADO

São dois os térreos. Optou-se por abrir um plano construído abaixo do nível da soleira, integrando-o verticalmente ao nível dos acessos, como térreos multiplicados, iluminados e ventilados pelo espaço livre que os circunscrevem, o que lhes concede expressão arquitetônica. O chão do edifício, público, é construído, portanto, distinto do terreno natural que o circunda, destinado às áreas verdes permeáveis.

 

A DISTRIBUIÇÃO DO PROGRAMA

O arranjo do programa está diretamente ligado com a disposição das peças edificadas no terreno. Na base do conjunto (térreo inferior e térreo superior) encontram-se as funções coletivas, as atividades que por vezes recebem colaboradores ou público externo. Estes espaços estão organizados e articulados pela Praça de Estar, marcada ainda pela presença do auditório. As funções administrativas e o corpo diretivo estão concentrados nos pavimentos superiores. Nos pavimentos inferiores está localizada a garagem e as atividades administrativas relacionadas à serviços e manutenção predial.

 

OS ESCRITÓRIOS: MODULARIDADE E FLEXIBILIDADE

O projeto dos espaços de trabalho admite alterações de arranjos, tanto para os espaços, quanto para os componentes de instalações prediais e de infra-estrutura – piso elevado, forro e ausência de pilares no meio dos pavimentos. A área disponível para os escritórios é, realmente, livre.

 

ARTICULAÇÃO, CIRCULAÇÃO E INFRA-ESTRUTURA

Para conectar todos os setores, criou-se uma estrutura periférica dupla – dois castelos de circulação vertical, infra-estruturas e apoios diversos – com múltiplas possibilidades de ligação: escadas, varandas e elevadores coletivos ou privativos promovam a comunicação entre os diversos espaços. A circulação incorpora no desenho do percurso cotidiano o vazio central, acentuando sua presença. Todas as redes de infra-estrutura se distribuem para o conjunto a partir de lajes com instalações (forros e pisos elevados) e dutos verticais especializados (shafts).

 

ACABAMENTO E EXPRESSÃO ARQUITETÔNICA

A expressão arquitetônica do conjunto arquitetônico proposto está estreitamente vinculada às decisões de projeto que concorrem no sentido de proporcionar uma obra organizada e eficiente com redução estratégica das ações construtivas. As estruturas serão tratadas e permanecerão aparentes, evidenciando-se a plasticidade do aço e concreto. Os painéis metálicos quebra-sóis garantem a integridade do conjunto. Em linhas gerais o edifício contrastará a cor natural dos materiais utilizados, o branco da estrutura metálica, o azul do céu e o verde da paisagem envoltória.

O conjunto edificado, com o térreo aberto permitirá visuais alongadas, sublinhando a possibilidade de extensão do chão público sem comprometer o gabarito que resguarda o céu de Brasília e que estará presente no grande espaço central conformado. Finalmente, a delicada curva do castelo de serviços na face norte, além de ceder parte do terreno para cidade marca a singularidade desta construção, nem pretensamente palácio nem isolada, mas superfície convergente e multiplicadora da urbe, sua história, sua vida.


 

______________________________________________________________________

FICHA TÉCNICA

SEDE DO SEBRAE NACIONAL EM BRASILIA DF

 

Cliente

SEBRAE Serviço de Apoio a Micro e Pequena Empresas

Concurso | Projeto

2008

Obra

2010

Area Terreno

10.000,00 m2

Area Construção

25.000,00 m2

 

Arquitetura, Comunicação Visual, Ambientação e Mobiliário

Arquitetos: Alvaro Puntoni, Luciano Margotto, João Sodré e Jonathan Davies

Colaboradores: Amanda Spadotto, Cristina Tosta, Camila Obniski, Daniela Pochetto, Fabiana Cyon, Flavio Castro, João Carlos Yamamoto, José Paulo Gouvêa, Juliana Braga, Luis Carlos Dias, Roberta Cevada.

Estudantes: André Nunes, Julia Valiengo, Julia Caio, Isabel Nassif, Rafael Murolo, Rafael Neves e Raphael Souza.

Estrutura

Jorge Zaven Kurkdjian e Julio Fruchtengarten

Kurkdjian & Fruchtengarten Engenheiros Associados S/C Ltda.

 

Paisagismo

Fernando Magalhães Chacel

Sidney Linhares

CAP Consultoria Ambiental Paisagística Ltda.

 

Hidráulica

Elétrica

Wang Mou Suong, Ulisses Tavano, PHEEngenharia de ProjetosHidráulicos e Elétricos Ltda.

Roberto Chendes – Situare Arquitetura e Engenharia Ltda

 

Climatização

Eizo Kosai, Thermoplan Engenharia Térmica Ltda.

 

Eco-eficiência

Luis Carlos Chichierchio, Juliette Haase de Azevedo, Ambiental Consultoria Ltda.

Automação | Segurança Predial | Áudio e Vídeo

Roberto Luigi Bettoni, Aires Craveiro, Victor Vainer, Bettoni Automação e Segurança Ltda

Transporte Vertical

Moacyr Motta, EMPRO – Cómercio e Engenhariaem Transporte VerticalLtda

Impermeabilização

Virginia Pezzolo, PROASSP Assessoria e Projeto Ltda

 

Luminotécnica

Ricardo Heder

 

Orçamento

Mauro Zaidan, Nova Engenharia Ltda.

 

Painel Artístico

Ralph Gehre

 

Fotografia

Nelson Kon

 

Construção

Termoeste SA Construções e Instalações

____________________________________________________________________________________________

Agradecemos aos autores pela disponibilização do projeto para publicação.

Colaboração Editorial: Ivna Vasconcelos


2 respostas em “SEBRAE – Brasília

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s