Requalificação de Largos no Pelourinho – Menção 237442

Arquiteto Titular: Marcos André Seixas Linhares

Colaborador: Henrique Costa Fonseca

________________________________________________________________________

Três aspectos básicos nortearam a elaboração da proposta de requalificação dos Largos do Pelourinho: 1- O respeito ao patrimônio arquitetônico do entorno imediato e do CHS; 2- O respeito aos valores e às manifestações culturais e artísticas populares das diversas comunidades atuantes ou ligadas histórica, social e culturalmente ao CHS; 3- O comprometimento na busca de soluções que resgatassem a utilização desses espaços de forma dinâmica, participativa, ampla e sustentável.

Durante todo o processo de elaboração da proposta estivemos cientes de que o processo de recuperação não se encerra com essa intervenção, assim como as anteriores, e que mesmo a proposta arquitetônica não pode contemplar todas as soluções para a revitalização de um espaço urbano. Pelo contrário, se mal formulada e atendida pode mesmo condenar a desvios bastante perenes toda uma única oportunidade.

Assim sendo, procuramos ser bastante objetivos no sentido de termos uma leitura clara e simples dos espaços, com o mínimo de intervenção nas edificações existentes, mas, procurando também oferecer possibilidades de diferentes arranjos e configurações no tempo, dos usos e dos espaços. Buscou-se a coesão, já que se tratava de conectar espaços que outrora pertenciam a prédios, ruas e níveis diferentes. Buscou-se a comunicação, já que se tratava não de falar a mesma língua, mas de estabelecer um protocolo mínimo de respeito mútuo. Buscou-se a simplicidade sabendo-se que muita coisa ainda está por vir.

Dentro desses aspectos o problema da acessibilidade foi recorrente, mas balizou de forma decidida nossa atuação, como uma das premissas, acima mencionadas, de participação ampla e sustentável.

A identidade dos Largos, para além da questão espacial, foi determinante para esclarecermos as vocações de cada um e não cairmos no vício do traço puro e simples.

A compreensão de que, no momento, fazemos parte de um longo processo de apropriação e fruição do espaço, nos deu a dimensão do respeito ao passado e da ousadia nas propostas, por mais simples que possam ter parecido.

Clique na galeria a seguir para a visualização ampliada das imagens.

_______________________________________________________________________

Para mais informações, acesse aqui a página oficial do concurso.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s