Concurso Nacional de Arquitetura para a Sede da FATMA/FAPESC – 1° Lugar

Concurso Nacional de Arquitetura para a Sede da FATMA/FAPESC – 1° Lugar

Projeto 46

Equipe – Ópera Quatro Arquitetura SS LTDA

Autores – Pablo Chakur, Fernanda Ferreira e Thiago Nieves (responsável técnico)

Colaboradores – Natália Campos, Leonardo Coelho da Silva (estagiário) e Arthur Lara (estagiário)

Consultores: Kauê Fari – sustentabilidade, Edson Kurotsu – sustentabilidade, Cibele Romani – sustentabilidade, Vitor Faustino Pereira – Estrutural S/C Ltda – estrutura, Renato Nogueira de Carvalho – Cryar Eng. E Proj. Ltda – ar-condicionado, Ramoska e Castellani

Sede da FATMAFAPESC - 1º Lugar - Imagem

_________________________________________________________________________

(Clique na galeria para visualização ampliada das imagens.)

Memorial

Premissas

Para se responder às condicionantes programáticas, urbanísticas e topográficas norteamos o partido do edifício, que abrigará a FAPESC e a FATMA, pelos seguintes critérios:

– respeito ao lugar

Primeiramente, nos preocupamos com o não construído, com o espaço negativo. O edifício deve responder à sociedade e ao meio ambiente sob as condicionantes do lugal.

– definição de uma estratégia de ocupação

01. Inserir urbanisticamente um edifício na paisagem, sem negar quaisquer de suas faces.

02. Integrá-lo à cidade como um espaço disseminador de conhecimento e de proteção ambiental, disponibilizando espaços de convívio e contemplação.

03. Estabelecer clara ocupação do lote, integrada à topografia, resultando em uma intervenção que reforce e valorize a paisagem, os edifícios vizinhos e a escala humana.

04. Decidimos pela não ocupação com a massa edificada na divisa alta-leste do terreno, mantendo cerca de 50% da permeabilidade do terreno e implantamos o edifício na face baixa-oeste.

– regeneração da natureza

Ao mesmo tempo em que a massa construída se contrapõe à massa verde, permite o avanço regenerador da natureza que ocupa os vazios intencionalmente deixados.
Definida a estratégia de ocupação, implantamos a edificação nos baseando nos seguintes pontos:

01.Orientação solar

Evitamos que grandes superfícies de vedação tivessem incidência solar prolongada durante o dia. Desta maneira, orientamos o edifício no sentido norte-sul. No intuito de minimizar a incidência direta do sol da tarde, inclinamos a face oeste da edificação. Desta forma, criamos, também, um espaço que convida o pedestre a entrar no edifício

02. Apropriação das vistas

Por estar em uma cota alta, o terreno propicia vistas privilegiadas do mar e dos morros de florianópolis. Assim, incorporamos as diferentes visuais do lugar, no projeto, de forma democrática e as oferecemos aos usuários.

03.Valorização do pedestre promovendo o encontro e a reflexão

A disposição da edificação, além de convidar de forma fluída o pedestre a entrar, gera dois espaços que promovem o convívio e o contato com a natureza instigando a comunidade à reflexão sobre “ o cuidar”.

_________________________________________________________________________

Para mais informações acesse aqui a página oficial do concurso.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s