Resultado – Porto Olímpico – RJ

Atualizado em 03.07.2011

Veja abaixo os vencedores  do Concurso Porto Olímpico no Rio de Janeiro, que teve como objetivo a seleção da melhor proposta arquitetônica e de urbanização para as instalações olímpicas e seu respectivo entorno localizadas na Região Portuária desta cidade. O programa inclui a  Vila de Mídia e Vila de Árbitros que deverão atingir um mínimo de 10.600 quartos, o Hotel de 500 quartos e o Centro de Convenções, que deverá abrigar instalações olímpicas provisórias. O resultado, esperado desde fevereiro, foi finalmente divulgado pela Prefeitura do Rio de Janeiro e pelo IAB-RJ em 28 de junho de 2011.

A seguir os projetos premiados:

Obs: os projetos completos serão publicados à medida em que forem disponibilizados.

_____________________________________________________________________________________

1º Lugar

Autor: João Pedro Backheuser

Colaboradores: Luis Alonso Calleja; Sergi Bacaguer Barbadillo; Ignasi Riera Mas; Miguel Moragues Canela

_____________________________________________________________________________________

2º Lugar

Autor: Roberto C. dos Santos Aflalo Filho

Coautores: Flavio Ferreira; Marcos Favero; Carlos Eduardo Spencer; Miguel Aflalo; José Luiz Lemos; Roberto Aflalo

Colaboradores: Amanda Arcuri; Fabiana Araujo; Daniel Medina; Tereza Jardim; Evangelina Lopes; Reinaldo Nishimura; Ari Miaciro; Mariana Moro; Raquel Rodorigo; Luis Nogueira; Marcella Carone; Monica Rodrigues; Marcelo Nagai

Consultores: Manuel Fiashi; Gabriela Vasconcellos; Geraldo Filizola; Leonardo de Almeida; Ricardo França; Raul José de Almeida; Oscar Morio Tsuchiya; Antonio R. Barbosa de Oliveira; Igor Alvim; Guinter Parschalk; Moacyr Motta

_____________________________________________________________________________________

3º Lugar

Autor: Francisco Spadoni

Coautor: Tiago de Oliveira Andrade

Colaboradores: Jaime Veja; Mayra Simone dos Santos; Lauresto Couto Esher

Estagiários: Marcos Sartori; Paulo Catto; Natália Lorenzo; Elisa Felca Glória

Consultores: Marcel Mendes

_____________________________________________________________________________________

4º Lugar

Autor: Jorge Mario Jauregui

Coautores: Jorge Silvetti; Rodolfo Machado

Colaboradores: Leandro Balbio; Fernando Newlands; David Serrão; Gabriel Leandro Jauregui; Maria Negrão; Carlos Clare; Jefrey Burchard; Noel Murphy

Consultores: Ricardo Inchausti; Eduardo de Carolis; Antonio Monteiro; Fabio Amaral; Sebastián Miguel; Wolfgang Aichinger; Paulo Magalhães

_____________________________________________________________________________________

Segundo a comissão organizadora do concurso, estes três últimos projetos premiados também poderão ser aproveitados para os jogos de 2016.

_____________________________________________________________________________________

Fonte: PINIweb

21 respostas em “Resultado – Porto Olímpico – RJ

  1. Só para lembrar:
    Concurso Porto Olímpico
    03/08/2011, 19:00
    A cerimônia de entrega dos prêmios do Concurso Porto Olímpico ocorrerá no dia 03 de agosto, ás 19h.
    No IAB-RJ

  2. Parabens ao João Pedro pelo melhor projeto apresentado. O maior concurso de arquitetura do País até hoje foi o de Brasília, cujo projeto de Lúcio Costa foi escolhido por um julgamento em que participava seu pupilo Oscar, coisa que não aconteceu aqui. Vi o currículo do arquiteto que possui, mestrado em urban design em columbia. Seus sócios no projeto, são de um dos maiores escritórios de arquitetura de Barcelona, onde assinam diversos projetos com Richard Rogers. Vamos deixar de choradeira e trabalhar, existem outros concursos em pauta!!!

  3. o pessoal do tal Conselho Deliberativo do IAB, por estar nas conversas da organizaçao, ja sabia, por exemplo, que sustentabilidade nao seria um ponto importante no julgamento, apesar de ter sido colocada “politicamente” (pra ingles ver) no edital. Tambem sabia que haveria margem de manobra para propor coisas fora do edital como, projetar esquematicamente os terrenos ap redor e nao respeitar o gabarito pertimido.

    É exatamente por essas informaçoes privilegiadas que é ati-etico participar do concurso alguem que faz parte do conselho deliberativo ou qq outra forma de associaçao ao instituto

  4. Prezados arquitetos que, como eu, apaixonado pela profissão e pelos seus grandes desafios , participaram do Concurso Porto Olímpico, uma maracutaia de proporções olímpicas, acreditando ser uma oportunidade de crescimento profissional e de disputa intelectual digna de crédito.

    Proponho que me apoiem na solicitação ao site http://www.concursosdeprojeto.org, que tem sido um enorme colaborador na promoção de concurso de arquitetura em nosso país, promova, como forma de contribuição aos crédulos na modalidade de concurso para a contratação de serviços de arquitetura de excelência, que faça a divulgação dos projetos que participaram do referido concurso.

    Essa publicidade poderia ser associada a uma enquete em que os autores (participantes do concurso), e os internautas que navegam pelo site regularmente, possam julgar as melhores soluções (apresentadas também em sigilo de autoria). Creio que é o que nos restaria de útil desse vexame “maravilha”.

    Desta forma poderíamos, ao menos, aproveitar e aprender com colegas que fizeram bons projetos, não exatamente estes que foram premiados, outras possibilidades de ocupação deste território extremamente desafiador.

  5. ALÉM DE TODA ESTA VERGONHA, EU DUVIDO QUE O PROJETO GANHADOR ESTEJA DENTRO DO PROGRAMA PASSADO, O NUMERO DE UNIDADES HABITACIONAIS PEDIDAS DÃO UM VOLUME BEM MAIOR NA QUADRA A DIREITA DA BICALHO, É SÓ VERIFICAR NO PROJETO DO AFLALO EM SEGUNDO LUGAR, QUE APESAR DE TER CARA *GAFISA* COMO POSTADO ACIMA DEVE FUNCIONAR! E OUTRA ESTA TORRE DE PRATICAMENTE 65 PVTOS, ONDE NA LEGISLAÇÃO PERMITIA TANTA ALTURA?????????

    ME SINTO ENVERGONHADO DEPOIS DE AGUARDAR MAIS DE 3 MESES DE ATRASO VER ESTA PROPOSTA VENCEDORA!!!

    OS MELHORES PROJETOS QUE VERIFIQUEI FORAM OS PROJETOS QUE GANHARAM MENÇÃO HONROSA!!! PORQUE SERÁ??? VENCEDORES CARTAS MARCADAS???

    É UMA VERGONHA!!!!!

    BRASIL QUANDO VC SERÁ ÉTICO???

  6. É uma pena que a cidade do Rio de Janeiro seja a prejudicada final com tudo isso…..afinal o Brasil não merece mais esta arquitetura medíocre e seus favorecimentos!!!!!

  7. É de fato uma vergonha. Participamos do concurso e, não achamos justo o resultado final e a nomeação de um dirigente do IAB-RJ como “vencedor”. Me impressiona ainda o fato de que ouve um adiamento de 3 ou 4 meses para divulgação do resultado explicado pelo leilão dos PACs do Porto Maravilha. O concurso não deveria estar esperando por um leilão destes, resultado é resultado, divulguem na data correta e pronto. Mais uma vez a prefeitura do Rio sai manchada publicamente e o IAB-RJ passa a ser uma entidade sem respeito algum aos seus afiliados.
    E o pior, vem mais por aí com este segundo concurso do Parque Olímpico, sob diretoria do nosso 1º colocado…
    O mínimo que poderiam fazer é devolver o dinheiro da inscrição e pedir desculpas publicamente, afirmando que já tinham um projeto selecionado por debaixo dos panos.

    Impugnação já!

  8. É um escândalo que o edital do concurso permita membros de conselhos do próprio IAB-RJ participem deste concurso.

    Ora, os dois primeiros colocados João Pedro Backheuser e Flávio Ferreira são membros dos conselhos deliberativo e superior do IAB-RJ. JPB ainda faz da chapa eleita para a direção do IAB-RJ biênio 2010/2011 !

    O Conselheiro João Pedro Backheuser é ainda, de acordo com o site do IAB-RJ, o Coordenador do Concurso Parque Olímpico.

    O concurso Parque Olímpico é uma espécie de desdobramento do Porto Olímpico. Tendo em vista a enorme quantidade de obras necessárias para as Olimpíadas, a prefeitura decidiu dividir as oportunidades em 2 concursos públicos de arquitetura:

    No primeiro, o do Porto Olímpico, João Pedro Backheuser é o vencedor.
    No segundo, o do Parque Olímpico, João Pedro Backheuser é o Coordenador Geral do concurso. Coordenou, redigiu o edital, nomeou os jurados, manteve diálogo direto com o COI e com a prefeitura, etc.

    Como se não bastasse, João Pedro Backheuser é filho do dono da Carioca Engenharia, empresa, em consórcio com a Odebrecht e a OAS, que venceu a concorrência para executar a segunda parte da revitalização do projeto Porto Maravilha nos próximos 15 anos, e com obras estimadas em mais de R$ 7 bilhões.

    O segundo lugar, Flávio Ferreira tem ainda ligações diretas de longa data com o presidente do IAB-RJ, Sérgio Magalhães. Ambos ensinaram, em 2009, um atelier comum no doutorado do PROURB da FAU-UFRJ, ambos são colaboradores do blog http://cidadeinteira.blogspot.com/. Quando Flavio Ferreira era Secretário de Urbanismo do Rio de Janeiro no governo de Saturnino Braga, Sérgio Magalhães era seu subsecretário.

    Ora, devemos ficar calados diante de todos esses fatos ?

    Qual é a legitimidade deste concurso ?

    Os participantes membros diretores e conselheiros do IAB-Rj participaram deste concurso em pé de igualdade com os demais participantes ?

    Qual será o verdadeiro motivo de o IAB-Rj decidir executar partes dos dois primeiros colocados ?

    E por último : a qualidade dos primeiros colocados é realmente superior aos demais ?!?!?!?!!?!?!?

    Se você é contra essa sucessão de fatos e acredita que faltou ética, justiça e houve conflito de interesses no desenvolvimento de todo o procedimento, divulgue !

    Pela anulação do resultado !

    Pela formação de uma nova comissão julgadora !

    Pela exclusão da competição de todos os projetos de membros conselheiros e diretores do IAB-RJ, sejam como autores, colaboradores ou consultores !

    Fontes :

    Trecho retirado da carta enviada em 4 de julho de 2011 ao Ministério Público pela equipe participante composta por: Ken Sowerby (PTA – Peddle Thorp Architects) Ricardo Antonio (RADS Ricardo Antonio Design Studio) Socrati Seretis (PTA) Roberta barbara Jardim de Povoas (RADS), Gustavo Mauroy, (RADS)

    Além dos dados que são de conhecimento público. Cito algumas fontes disponíveis online para a íntegra das informações citadas :

    http://www.revistaoempreiteiro.com.br/index.php?page=materia.php&id=1446

    http://www.iabrj.org.br/institucional/conselhos

    http://www.fau.ufrj.br/prourb/arquivos/calendario_prourb_2009.pdf

    http://cidadeinteira.blogspot.com/

    http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/06.021/3319?page=7

  9. pois é, o vencedor é parte do conselho ‘deliberativo’ do IAB e filho do dono da construtora Carioca, que é quem vai construir o empreendimento. Colocaram no Edital, espertamente, que estavam proibidos de participar os membros do conselho ‘administrativo’ do IAB… No entanto, o edital nao pode superpor a lei federal sobre licitaçoes que diz que nenhum membro das instituiçoes organizadores pode entrar num processo licitatório… A organizaçao do IAB nega o favorecimento à J.P. Backheuser alegando que as pranchas estavam numeradas, portanto anonimas, mas todos nos sabemos como isso é facil de burlar: o juri pode ter visto previamente o projeto ganhador.

  10. VERGONHA!! arquitetos respeitados, pelo menos até o presente concurso, se aproveitarem para “ganhar” concursos, lamentável….e o IAB assinar tudo isso

  11. O que me parece mais “humano” ficou com o quarto lugar. Realmente não sei onde vamos parar com esses arranha-céus… Querer transformar o Rio em Brasília é um total equívoco! Nossa cidade não merece esses vastos campos vazios com blocos maciços aqui e ali (e tome sol na moleira!).

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s